História de Colonia del Sacramento

A maioria dos turistas que visitam a cidade mais antiga do Uruguai o fazem para conhecer seu Bairro Histórico, sem ter muito conhecimento do que foi verdadeiramente o que no lugar aconteceu. Por esse motivo faremos uma breve resenha da história de Colonia del Sacramento, para poder assim apreciar melhor seus monumentos históricos.

Esta cidade foi fundada em 1680 pelas tropas portuguesas lideradas por Manuel Lobo, que se assentaram sobre as costas do Río de la Plata. Neste momento os reinados de Portugal e da Espanha se encontravam em grandes conflitos bélicos, gerados pela intenção de ambos os países de estender seu poderio sem respeitar acordos bilaterais.

Como consequência das diferencias existentes entre ambas as nações, Colonia del Sacramento foi testemunha desde seus primeiros dias de uma enorme quantidade de enfrentamentos entre exércitos europeus, que tiveram à cidade em conflito durante muitos anos.

 

No começo Colonia era propiedade dos portugueses, mas poucos meses depois os espanhóis sabendo da presença deles chagaram ao lugar para tirá-los, conseguindo seu objetivo e ficando com a cidade. Assim a atual localidade uruguaia foi mudando de “dono” em varias ocasiões, até que em 1816 se deu a invasão lusa brasileira que trouxe como conseqüência que fora dominada pelos brasileiros.

Todas estas disputas pelo domínio de Colonia terminariam em 1825, quando se proclamara a Declaratoria da Independencia que determinava que a República Oriental de Uruguay se separara do que nesse momento era a Provincia Cisplatina. Como consequência Uruguai ficou com a propriedade do que é hoje a cidade mais antiga do país considerada “Patrimônio da Humanidade”.

Hoje em dia só fica a lembrança daqueles momentos históricos, que re vivem cada vez que se visita esta localidade do país, que ainda conserva os edifícios mais importantes desses tempos de guerra onde espanhóis e portugueses se enfrentaram em muitas oportunidades.